Artigo

Artigo

Copom: Visão míope

Não restam dúvidas que a visão dos membros do Copom (Comitê de Política Monetária) ainda é míope em relação à crise econômica que assola o país e assombra com o número crescente de desemprego. A queda de 1% da taxa selic anunciada ontem pelo BC e plenamente insuficiente para impulsionar a economia e manter os postos de emprego.Mesmo com o corte de juros de 2% que estávamos defendendo, o Brasil continua sendo o campeão na taxa de juros mundial, estamos sempre caminhando na contramão, até quando?

Não restam dúvidas que a visão dos membros do Copom (Comitê de Política Monetária) ainda é míope em relação à crise econômica que assola o país e assombra com o número crescente de desemprego. A queda de 1% da taxa selic anunciada ontem pelo BC e plenamente insuficiente para impulsionar a economia e manter os postos de emprego.

Mesmo com o corte de 2% da taxaque estávamos defendendo, o Brasil continua sendo o campeão na taxa de juros mundial, estamos sempre caminhando na contramão, até quando? Por isso estamos dizendo que o Banco Central acertou no remédio, mas errou na dose.

Precisamos de cortes drásticos, de políticas de aquecimento da economia interna, de valorização do emprego. Juros menores trarão de volta o consumo. Com o consumo, emprego e renda serão mantidos, isso o BC precisa enxergar, precisamos de óculos, de lentes que projetem o futuro da economia.

Não basta que o governo federal baixe a taxa de juros e o empresariado não mantenha os postos de emprego. A queda da taxa de juros não está diretamente ligada a nós trabalhadores, mas a forma como os empresários vão usar dela para manter o emprego de cada cidadão. O Governo Federal está fazendo a sua parte, mas a cadeia não pode ser quebrada pelo interesse dos 'patrões' em detrimento dos trabalhadores.

Mas a luta continua, continuaremos a pressão sobre o governo para baixar o spread bancário (diferença da taxa de juro paga aos correntistas e cobrada dos clientes), para que haja o alívio da carga tributária e finalmente para que os membros do Copom usem óculos, mas que não sejam escuros, que tenham lente de aumento para enxergar que os trabalhadores precisam de melhores salários e manutenção de empregos.

Cláudio Janta - Presidente da Força Sindical RS

Enviar artigo para amigo(a)

Imagem de verificação

Outros artigos

Twitter

Jornais

Vídeos

8º Congresso da Força Sindical-RS

Confira os principais momentos do Congresso Estadual da Central

Outros vídeos

Campanhas






Quem somos

Sobre a Força Diretoria Atuação no Estado Metas Filiados

Secretarias

Juventude Meio ambiente Formação Sindical Saúde do trabalhador

Materias oficias

Álbum de fotos Vídeos Jornais Logotipos da Força Jingles

Publicações

Notícias Agenda Tweets Interativas Artigos

Comunicação

Fale conosco Informativo Canal RSS Como chegar Mapa do site

Campanhas

Fórum Social Mundial Faixa de Fronteira 2015 Bioma Pampa Posto de Saúde 24h Trabalho Decente
Força Sindical do Rio Grande do Sul
Cristovão Colombo, 203 - Porto Alegre
Rio Grande do Sul, Brasil
CEP 90560-003 - Fone: (51) 3228.0098
contato@fsindical-rs.org.br