Artigo

Opinião

Imposto de Renda: Dilma retira mais direitos dos trabalhadores

O governo recuou o índice para 4,5%, fazendo cair por terra a tão suada correção de 6,5%

A vaca tossiu mais uma vez. Na manhã desta terça-feira foi publicado no Diário Oficial da União o veto da presidente Dilma à correção do Imposto de Renda, que havia sido aprovada pelo Congresso em dezembro. O governo recuou o índice para 4,5%, fazendo cair por terra a tão suada correção de 6,5%, que isentaria os trabalhadores que recebem até R$ 1903,98.

A justificativa, é claro, reside na hipocrisia de evitar impactos na arrecadação. O trabalhador que recebe a partir de R$ 1.787,77 ainda é obrigado a entregar uma parcela do seu suor para os cofres de um país que paga auxílio moradia de R$ 4,3, com dinheiro público, para juiz; que gastou, só em 2014,  R$ 394 milhões com premiações, festividades, homenagens e  conferências; que alterou a Lei de Diretrizes Orçamentárias para justificar, dentre outros rombos, os R$ 2,7 bilhões com passagens e diárias - sem falar nos outros bilhões envolvidos em esquemas de corrupção.

O governo Dilma rasga mais uma vez seu compromisso com os trabalhadores, especialmente com aqueles que ganham menos. Mexeu de novo nos direitos, adquiridos e sacramentados pelo Congresso. Vetou uma importante conquista, fruto do esforço coletivo e afastou ainda mais o país da tão almejada justiça tributária.

O sentimento de indignação não ficará guardado. Vamos às ruas e conclamamos todos os trabalhadores a juntarem-se ao protesto, que não é mais pela aquisição de direitos, mas pela manutenção das nossas conquistas, que têm sido desrespeitadas e minimizadas por um governo que vira as costas para todos os seus compromissos que, pelo visto, foram meramente eleitoreiros.

Dia 28, todos às ruas!

Clàudio Janta

Presidente da Força Sindical-RS e secretário-geral do Sindec/POA

Enviar artigo para amigo(a)

Imagem de verificação

Outros artigos

Twitter

Jornais

Vídeos

8º Congresso da Força Sindical-RS

Confira os principais momentos do Congresso Estadual da Central

Outros vídeos

Campanhas






Quem somos

Sobre a Força Diretoria Atuação no Estado Metas Filiados

Secretarias

Juventude Meio ambiente Formação Sindical Saúde do trabalhador

Materias oficias

Álbum de fotos Vídeos Jornais Logotipos da Força Jingles

Publicações

Notícias Agenda Tweets Interativas Artigos

Comunicação

Fale conosco Informativo Canal RSS Como chegar Mapa do site

Campanhas

Fórum Social Mundial Faixa de Fronteira 2015 Bioma Pampa Posto de Saúde 24h Trabalho Decente
Força Sindical do Rio Grande do Sul
Cristovão Colombo, 203 - Porto Alegre
Rio Grande do Sul, Brasil
CEP 90560-003 - Fone: (51) 3228.0098
contato@fsindical-rs.org.br