Notícias

Centrais sindicais 20/01/2017 15:13

Centrais decidem realizar Dia Nacional de Paralisações por mudanças na reforma da Previdência

Sindicalistas também vão pressionar congressistas em Brasília

As centrais sindicais Força Sindical, CUT, UGT, Nova Central, CSB , CTB, Intersindical e Conlutas decidiram hoje (dia 20), em reunião realizada na sede do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), em São Paulo, realizar o Dia Nacional de Paralisações na segunda quinzena de março. O ato será por mudanças na reforma da Previdência.

No dia 22 de fevereiro, um grupo de sindicalistas, representando as centrais, irá a Brasília, aonde vai se reunir com os líderes dos partidos e os presidentes da Câmara e do Senado para sensibilizá-los a alterar a proposta de reforma da Previdência, atendendo às reivindicações dos trabalhadores.

Representaram a central o secretário-geral João Carlos Gonçalves (Juruna) e os vice-presidentes Miguel Torres (presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo) e Paulo Ferrari (presidente do Sindifícios de São Paulo).

“É importante mobilizar os trabalhadores e pressionar o Congresso Nacional para modificar o texto da reforma da Previdência”, declara, Juruna, que também é vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes.

“Não vamos permitir que retirem direitos dos trabalhadores”, afirma Paulo Pereira da Silva, Paulinho, presidente da Força Sindical. Paulinho e os deputados Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP), Adalberto Galvão (PSB/BA) e Rogério Rosso (PSD/RJ) apresentaram uma emenda na Câmara fixando a aposentadoria para as mulheres aos 58 anos e aos sessenta anos para os homens.

“Muitas mulheres ainda desempenham nos dias de hoje a dupla, e até a tripla, jornada. Aumentar o tempo de trabalho para elas é muito injusto”, destacou Paulinho ao jornal O Dia.

Outro item que entrou na emenda apresentada é o que trata da regra de transição. A frente parlamentar defende que não haja direitos adquiridos para as pessoas que possuem menos de cinquenta anos de idade, e que, em vez de terem de trabalhar 50% a mais do período que falta para se aposentar, aumentem em mais 30% o tempo de serviço.

Força Sindical

Link alternativo: http://fsindical-rs.org.br/n/25i

Versão desta notícia em PDF




Tags:    força sindical   rs

Enviar notícia para amigo(a)

Imagem de verificação

Notícias relacionadas

Facebook

Notícias deste período

Ministro do Trabalho cria grupo de estudo sobre modernização da legislação trabalhista

Após acidente, empregado tem estabilidade e benefício

Kits Escolares do Stimmme ajudam famílias de trabalhadores

Ministério do Trabalho entrega certidão de registro sindical para entidades gaúchas

Reformas Trabalhista e Previdenciária foram debatidas no "Mundo do Trabalho"

População Idosa é tema de debate no segundo dia de Fórum

Fórum Social Mundial debate inclusão social e autonomia das pessoas com deficiência

Mundo do Trabalho:Centrais vão debater reforma trabalhista e previdenciária durante Fórum Social

Trabalhadores querem tempo menor para aposentadoria

Novas faixas de descontos do INSS nos salários

Nascidos em janeiro e fevereiro terão acesso ao abono salarial nesta quinta (19)

Seguro-desemprego será pago de forma escalonada a partir desta terça

Reajuste do INSS para quem ganha acima do piso é maior que mínimo

Trabalhadores da GM em Gravataí vão receber segunda parcela do PPR 2016

STIMMME entrega KIT Escolar para associados

Ministro anuncia que piso salarial de professores será de R$ 2.298,80 em 2017

NOTA TAXA SELIC - Acertou o remédio, mas errou na dose

Inflação para os que ganham menos sobe mais e fecha 2016 acima do teto

INSS prevê corte de R$ 1,45 bilhão com benefícios cancelados no RS

Novidade pode liberar crédito para um milhão de gaúchos

Previsão do mercado para a inflação em 2017 cai para 4,81%

Declaração do Imposto de Renda pode ser entregue a partir de 2 de março

Reforma previdenciária dificulta acesso à aposentadoria especial

Tabela do IR está defasada em 83% desde 1996, diz sindicato

Clàudio Janta é reempossado vereador e integra mesa diretora da Câmara

Mais notícias

Twitter

Jornais

Vídeos

8º Congresso da Força Sindical-RS

Confira os principais momentos do Congresso Estadual da Central

Outros vídeos

Campanhas






Quem somos

Sobre a Força Diretoria Atuação no Estado Metas Filiados

Secretarias

Juventude Meio ambiente Formação Sindical Saúde do trabalhador

Materias oficias

Álbum de fotos Vídeos Jornais Logotipos da Força Jingles

Publicações

Notícias Agenda Tweets Interativas Artigos

Comunicação

Fale conosco Informativo Canal RSS Como chegar Mapa do site

Campanhas

Fórum Social Mundial Faixa de Fronteira 2015 Bioma Pampa Posto de Saúde 24h Trabalho Decente
Força Sindical do Rio Grande do Sul
Cristovão Colombo, 203 - Porto Alegre
Rio Grande do Sul, Brasil
CEP 90560-003 - Fone: (51) 3228.0098
contato@fsindical-rs.org.br