Notícias

Reforma Trabalhista 04/09/2017 10:47

Palestra sobre Reforma Trabalhista reúne entidades da Central em Porto Alegre

Debate aconteceu na sede do Sindicato dos Comerciários

Na última sexta-feira (1) a Central, em parceria com a Federação dos Comerciários – Fetracos/RS; e Sindicato dos Empregados no Comércio de Porto Alegre, promoveu a palestra “Desafios do Movimento Sindical com a Reforma Trabalhista”. O tema foi ministrado pelo Diretor Técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio.

Os trabalhos foram coordenados pelo diretor da Central e do Sindec-POA, Valdir Lima, que também é coordenador regional do Dieese. Na abertura, a economista do Departamento, Daniela Sandi, fez uma breve apresentação sobre o cenário econômico e as perspectivas para negociações salariais no Estado.

Logo na sequência o palestrante iniciou sua explanação. Em sua fala, Clemente destacou que a partir de novembro a nova legislação entra em vigor e que as entidades sindicais precisam estar preparadas, pois será um desafio muito grande. “A negociação passa a ter outra lógica. Do ponto de vista sindical, retiraram o poder de o sindicato negociar. São mais de 300 alterações na CLT e a Justiça do Trabalho está irreconhecível”, afirmou.

O especialista indicou três pontos cruciais nas mudanças: destruição do poder de negociação do sindicato; fim do imposto sindical, o que afetará em média 2/3 da receita das entidades e a abertura de precedente para a formação de sindicato por empresa.

Finalizando o debate, Clemente aprontou três tarefas que considera ser o primeiro passo que as entidades sindicais devam seguir. “Primeiro deve-se ter uma estratégia de resistência institucional. Constituir uma disputa de intervenção no Congresso Nacional; também intensificar a luta junto com o Ministério Público e a Justiça do Trabalho e reorganizar profundamente as nossas campanhas salariais, para que tenhamos uma força transformadora da categoria”, disse.

Para que isso aconteça, ele acredita que é necessário um passo político no processo. “As centrais precisam ser mais tolerantes com as suas diferenças; será fundamental um esforço para recuperar a capacidade de diálogo”, concluiu.

Link alternativo: http://fsindical-rs.org.br/n/28c

Versão desta notícia em PDF




Tags:    força sindical   rs

Enviar notícia para amigo(a)

Imagem de verificação

Notícias relacionadas

Facebook

Notícias deste período

Twitter

Jornais

Vídeos

8º Congresso da Força Sindical-RS

Confira os principais momentos do Congresso Estadual da Central

Outros vídeos

Campanhas






Quem somos

Sobre a Força Diretoria Atuação no Estado Metas Filiados

Secretarias

Juventude Meio ambiente Formação Sindical Saúde do trabalhador

Materias oficias

Álbum de fotos Vídeos Jornais Logotipos da Força Jingles

Publicações

Notícias Agenda Tweets Interativas Artigos

Comunicação

Fale conosco Informativo Canal RSS Como chegar Mapa do site

Campanhas

Fórum Social Mundial Faixa de Fronteira 2015 Bioma Pampa Posto de Saúde 24h Trabalho Decente
Força Sindical do Rio Grande do Sul
Cristovão Colombo, 203 - Porto Alegre
Rio Grande do Sul, Brasil
CEP 90560-003 - Fone: (51) 3228.0098
contato@fsindical-rs.org.br