Notícias

Contribuição 01/02/2011 0:00

PEC assegura repasse de contribuição sindical a centrais

Em análise na Câmara, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 531/10 assegura o recebimento, pelas centrais sindicais, de parte da arrecadação gerada pelas contribuições sindicais. O objetivo é evitar que dispositivos importantes para o custeio da atividade desenvolvida pelas centrais sindicais sejam declarados inconstitucionais.

Em análise na Câmara, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 531/10 assegura o recebimento, pelas centrais sindicais, de parte da arrecadação gerada pelas contribuições sindicais.
Os autores da proposta, deputados Flávio Dino (MA) e Daniel Almeida (BA), ambos do PCdoB, informam que o objetivo é evitar que dispositivos importantes para o custeio da atividade desenvolvida pelas centrais sindicais sejam declarados inconstitucionais.

Eles estão preocupados com a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4067, ajuizada em 2008. A ADI questiona dispositivos da Lei 11.648/08, que não só reconheceu formalmente as centrais sindicais como também as tornou credoras de 10% do produto arrecadado pela contribuição sindical dos empregados.

O argumento utilizado na ADI: o artigo 149 da Constituição restringe a contribuição sindical ao âmbito de interesse das categorias profissionais, este entendido de forma restrita e, portanto, excluindo a atuação das centrais sindicais.


Sem benefício
A ADI cita ainda o artigo 8º da Constituição, que, ao estabelecer a contribuição sindical, é específico e não prevê o benefício às centrais sindicais.

Daniel Almeida lembrou que, "embora ainda não tenha sido concluído o julgamento da ADI 4067, em sessão de julgamento de 24 de junho de 2009, alguns ministros do Supremo Tribunal Federal já apresentaram suas opiniões e, até o momento, a maioria demonstrou simpatia à tese de que as centrais sindicais não devem fazer jus ao crédito estabelecido pela Lei 11.648".

Ele argumenta ainda que as centrais sindicais se inseriram no contexto político nacional para constituir um novo modelo de atuação sindical, rompendo amarras trazidas pelo critério organizacional, que, entende o deputado, está centrado no conceito de categoria e traz algumas defasagens.

"Diante da importância e do alcance da atuação dessas entidades, é inevitável que necessitem de verbas para manter seu nível e expandir sua qualidade. Para tanto, constitui importante fonte de receitas a contribuição sindical", completou.
Tramitação

A PEC será arquivada pela Mesa Diretora no dia 1º de fevereiro, em razão do fim da legislatura. Porém, como o autor foi reeleito, ele - assim como qualquer um dos 171 apoiadores - poderá desarquivá-la. Nesse caso, a admissibilidade da proposta será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Caso seja aprovada, a PEC será examinada por uma comissão especial criada exclusivamente para esse fim. Depois, o texto precisará ser votado em dois turnos pelo Plenário.

FONTE: Agência da Câmara dos Deputados
Link alternativo: http://fsindical-rs.org.br/n/mY

Versão desta notícia em PDF



Enviar notícia para amigo(a)

Imagem de verificação

Notícias relacionadas

Facebook

Notícias deste período

Força Sindical participa de encontro com lideranças em Caracas na Venezuela

Leques da Força Sindical-RS refrescam carnaval do Porto Seco

Palestras da manhã enfocam caráter técnico na prevenção das LER/DORT

Debate multidisciplinar marca tarde do evento Semana de Prevenção da LER/DORT

Semana de Prevenção das LER/DORT no Sindec discute doenças ocupacionais

Força Sindical e Secretaria Estadual do Trabalho articulam realização da Conferência Nacional de Emprego e Trabalho no RS

Atleta da Sogipa apoiado pela Força Sindical-RS viaja para a Espanha em março

Presidente da Força Verde se reúne com departamento da Sema

Dilma promete negociar com centrais, mas só após IR

Força Sindica-RS distribui água em comunidades rurais

Força Sindical-RS distribui água em escola em região de seca do Estado

Piratini propõe reajuste de 11,6% do piso regional

Sindicato dos Municipários de Viamão empossa nova diretoria

Centrais sindicais encontram governador e continuam em negociação

Centrais se reúnem com Tarso Genro e reafirmam propósito de recompor piso

Federação dos Vigilantes repudia iniciativa do governo de legalizar o bico

Força Sindical-RS distribui 2 caminhões de água mineral para a região de seca em Lavras do Sul

Governistas, Paim e oposição se organizam nesta terça para o embate do salário mínimo

Federação dos Vigilantes do RS se reunirá com a Força Sindical para elaboração do projeto da qualificação profissional

Força Sindical-RS divulga programação do 3° Seminário sobre a Faixa de Fronteira do Mercosul

Atleta sogipano apoiado pela Força Sindical-RS disputa prova em Assunção

Secretário de Relações Internacionais da Força destaca união e autonomia das centrais nas luta pelos trabalhadores

Secretário de Relações Internacionais da Força destaca união e autonomia das centrais

Valor do mínimo não cobre inflação de 2011

Reajuste do mínimo frustra metalúrgicos de Gravataí

Mais notícias

Twitter

Jornais

Vídeos

8º Congresso da Força Sindical-RS

Confira os principais momentos do Congresso Estadual da Central

Outros vídeos

Campanhas






Quem somos

Sobre a Força Diretoria Atuação no Estado Metas Filiados

Secretarias

Juventude Meio ambiente Formação Sindical Saúde do trabalhador

Materias oficias

Álbum de fotos Vídeos Jornais Logotipos da Força Jingles

Publicações

Notícias Agenda Tweets Interativas Artigos

Comunicação

Fale conosco Informativo Canal RSS Como chegar Mapa do site

Campanhas

Fórum Social Mundial Faixa de Fronteira 2015 Bioma Pampa Posto de Saúde 24h Trabalho Decente
Força Sindical do Rio Grande do Sul
Cristovão Colombo, 203 - Porto Alegre
Rio Grande do Sul, Brasil
CEP 90560-003 - Fone: (51) 3228.0098
contato@fsindical-rs.org.br