Notícias

Fórum Social Mundial 29/01/2010 0:00

Práticas antissindicais foi tema do último debate do Mundo do Trabalho

O último debate “Mundo do Trabalho”, aconteceu durante toda a tarde de quinta-feira, 28 e abordou as praticas antissindicais. O encontro reuniu as seis centrais sindicais no teatro Dante Barone da Assembléia Legislativa. Nilton Neco, secretário de Relações Internacional da Força Sindical, um dos debatedores da tarde, destacou a maturidade do movimento sindical ao se trabalhar de forma unida em prol de banir as praticas antisinticais.

O último debate “Mundo do Trabalho”, aconteceu durante toda a tarde de quinta-feira, 28 e abordou as praticas antissindicais. O encontro reuniu as seis centrais sindicais no teatro Dante Barone da Assembléia Legislativa. Nilton Neco, secretário de Relações Internacional da Força Sindical, um dos debatedores da tarde, destacou a maturidade do movimento sindical ao se trabalhar de forma unida em prol de banir as praticas antisinticais.

Neco, citou o interdito proibitório contra os sindicatos e os assassinatos de dirigentes sindicais como os pontos mais graves da prática antisindical e também os Termos de Ajustamento de Conduta – TACs, emitidos pelo Ministério Público do Trabalho.
O secretário, de forma enfática, ressaltou que o movimento sindical quer diálogo e não confronto. “Temos que chamar de forma organizada o Judiciário e mostrar através da conversa que sabemos e podemos negociar e acabar com estas práticas que só enfraquecem o nosso trabalho”, finalizou.

Segundo Lilian Arruda, do DIEESE, as práticas antisindicais são aquelas que, direta ou indiretamente, cerceiam, desvirtuam ou impedem a legitima ação sindical em defesa e promoção dos interesses dos trabalhadores.

Representando o Ministério Público do Trabalho, Ricardo Pereira afirmou em seu discurso que o organismo não inimigo de classe, mas é parceiro. “Falta confiança na atuação do Ministério Público. Sua função é defender os interesses dos trabalhadores, e tanto o MPT quanto o movimento sindical têm sua existência garantida através de cláusula pétrea na Constituição”.

Pereira, ainda se manifestou contrário à contribuição sindical. “Este caráter obrigatório dá uma sensação de que o movimento sindical se sustenta com a mão do Estado. O fim da contribuição deveria ser uma bandeira dos sindicalistas”, finalizou.

Também participaram do Seminário as Centrais: Central Geral dos Trabalhadores Brasileiros – CGTB, Central dos Trabalhadores Brasileiros – CTB, Central Única dos Trabalhadores- CUT, Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST e União Geral dos Trabalhadores – UGT.

Estavam presentes ainda lideranças e dirigentes sindicais da América do Sul, Norte, Caribe e Europa.

Link alternativo: http://fsindical-rs.org.br/n/fb

Versão desta notícia em PDF



Enviar notícia para amigo(a)

Imagem de verificação

Notícias relacionadas

Facebook

Notícias deste período

Políticas públicas para a juventude ganha destaque no 1º Encontro da Juventude da Força Sindical

Cláudio Janta, presidente da Central avalia FSM

Força Sindical RS lamenta trabalho escravo

Força Sindical apresenta delegação internacional de sindicalistas a José Fogaça

Unidade entre as centrais é consenso em debate

“Me considero um eterno sindicalista”, disse Paulo Paim em evento da Força Sindical

Força Sul define calendário e lutas de 2010

Fetracos entrega pedido de filiação à CNTC

Carlos Lupi defendeu o papel do FSM como grande defensor das questões sociais em evento da Força Sindical

Cláudio Janta, assina termo que oficializa a criação do memorial do Fórum Social Mundial

Força Sindical RS levou centenas de sindicalistas para a marcha

4º Seminário Internacional da Força Sindical reuniu dirigentes nacionais e internacionais

Janta participa do lançamento do ProJovem

Paulinho visita sede da Força-RS

Mundo do Trabalho será debatido no Fórum Social Mundial pela Força Sindical

Força Sindical parabeniza todos os carteiros do Brasil

Janta prestigia presença de sindicalistas de Guaíba em Rondinha

Janta participa do evento na Serra Gaúcha

Trajetória do Piso Regional

Fetracos aposta na regulamentação e na qualificação da categoria

Seminário da Força Sindical-RS traz líderes de centrais das Américas e do Caribe

Força Sindical convoca sindicatos filiados para Marcha do Fórum Social Mundial

Centrais Sindicais definem calendário

Clàudio Janta defendeu o mundo do trabalho em coletiva do Fórum Social Mundial

Força Sindical RS lamenta perdas no Haiti

Mais notícias

Twitter

Jornais

Vídeos

8º Congresso da Força Sindical-RS

Confira os principais momentos do Congresso Estadual da Central

Outros vídeos

Campanhas






Quem somos

Sobre a Força Diretoria Atuação no Estado Metas Filiados

Secretarias

Juventude Meio ambiente Formação Sindical Saúde do trabalhador

Materias oficias

Álbum de fotos Vídeos Jornais Logotipos da Força Jingles

Publicações

Notícias Agenda Tweets Interativas Artigos

Comunicação

Fale conosco Informativo Canal RSS Como chegar Mapa do site

Campanhas

Fórum Social Mundial Faixa de Fronteira 2015 Bioma Pampa Posto de Saúde 24h Trabalho Decente
Força Sindical do Rio Grande do Sul
Cristovão Colombo, 203 - Porto Alegre
Rio Grande do Sul, Brasil
CEP 90560-003 - Fone: (51) 3228.0098
contato@fsindical-rs.org.br