Notícias

Metalúrgicos 09/06/2016 15:02

Trabalhadores paralisam produção em sistemistas da GM em Gravataí durante quatro horas

Eles discordam da proposta de PPR a ser pago pela General Motors e demais empresas do Complexo Automotivo do município em 2016

Trabalhadores de quatro empresas sistemistas do Complexo Automotivo da General Motors em Gravataí paralisaram a produção durante quatro horas na manhã de quarta-feira (08/06), em protesto contra a proposta apresentada pela GM e demais corporações ali instaladas em relação ao Plano de Participação de Resultados (PPR) 2016. Funcionários da TI Automotive, Gestamp, Pelzer e Autoneum, ao serem informados pelos dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí (SINMGRA) sobre o que está sendo oferecido, optaram por cruzar os braços e decidiram não trabalhar entre às 6h30min e às 10h30min.

Segundo o presidente da entidade sindical, Valcir Ascari, a paralisação foi fruto de um ato desrespeitoso de parte das empresas, que não deixaram o caminhão de som do SINMGRA ingressar no complexo para poder esclarecer aos trabalhadores a questão do PPR 2016. Assim, os dirigentes do SINMGRA foram caminhando e recebendo a solidariedade dos companheiros das quatro empresas que tiveram sua produção parada.

- Mais do que uma paralisação pelas baixas propostas patronais, o que ocorreu nestas empresas foi uma ação de repúdio dos trabalhadores ao tratamento que os sindicalistas receberam de parte delas. Nós representamos uma categoria fundamental para o desenvolvimento econômico do país e estamos empenhados, sempre, em lutar pelo que for melhor para ela, com respeito e dignidade. Não vão nos intimidar com atitutdes deste tipo - afirma Valcir Ascari.

As propostas patronais foram amplamente rejeitadas, tanto pelos trabalhadores da GM quanto pelos que atuam nas empresas sistemistas. A proposta da General Motors previa o pagamento de R$ 6.100 de PPR e R$ 3.785,00 de abono para 100% das metas. A antecipação seria paga no dia 1° de julho, com uma parcela de R$ 6.150,00, somando o valor total do abono. Já as sistemistas ofertaram R$ 2.531,00 de PPR e R$ 1.832,12 de abono. A antecipação da primeira parcela seria de R$ 2.200,00.

A contraproposta dos trabalhadores pede para a GM o pagamento de R$ 10.030,00 de PPR e R$ 3.785,00 de abono para 100% das metas, totalizando R$ 13.815,45, sendo a antecipação no valor de R$ 8.550,00 paga em 20 de junho. Para os sistemistas, é solicitado R$ 5.900,00 de PPR e R$ 1.832,12 de abono, em um total de R$ 7.732,12. A antecipação da primeira parcela seria em 20 de junho, no valor de R$ 4.200,00.

As negociações entre o Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí com a General Motors (GM) e demais empresas sistemistas terão continuidade na terça-feira (14/06), às 9h, no Complexo Automotivo do município, buscando um acordo em relação ao valor do PPR 2016.

PlayPress

Link alternativo: http://fsindical-rs.org.br/n/21d

Versão desta notícia em PDF




Tags:    força sindical   rs

Enviar notícia para amigo(a)

Imagem de verificação

Notícias relacionadas

Facebook

Notícias deste período

Abono Salarial começa a ser pago em 28 de julho, diz ministério

Trabalhadores da Dana Holding aprovam termo que busca garantir empregos na empresa

Desemprego atinge 11,4 milhões de pessoas em maio, diz IBGE

1ª parcela do 13º de aposentados será paga a partir de 23 de agosto

Confiança da indústria brasileira registra o maior nível desde fevereiro de 2015

Prazo para sacar PIS/Pasep termina dia 30 de junho

Sindec convida a categoria para comemorar 84 anos de história

Fetracos e Sinprofar renovam convenção de saúde e segurança dos trabalhadores de farmácias

Inflação para o consumidor desacelera em Porto Alegre na terceira semana de junho

Queda na Selic pressionará bancos

Comerciários reelegem diretoria do Sindec/POA com 98% de aprovação

Mudanças na Previdência: governo quer tributação extra do agronegócio

Processo eleitoral do Sindec/POA transcorre dentro da normalidade

Taxistas de Porto Alegre protestam contra transporte clandestino via aplicativos

Investimento em empresas da Lava Jato leva FI-FGTS a perda de R$ 900 milhões

Metalúrgicos de Gravataí cobram agilidade no programa de renovação da frota para evitar desemprego

Eleições do Sindec iniciaram nesta manhã

Dirigentes debatem em reunião estadual da Fetracos-RS

Aumento do desemprego eleva desigualdade na distribuição de renda

Eleições do Sindec Porto Alegre começam amanhã

Audiência pública debate regulamentação do transporte é cancelada

Trabalhadores aprovam proposta de PPR negociada entre sindicato e GM

Nota Oficial - Força Sindical, CTB, CSB, NCST e UGT

Programa Empregar RS ocorre nesta sexta-feira em 77 municípios gaúchos

Audiência pública debate regulamentação do transporte

Mais notícias

Twitter

Jornais

Vídeos

8º Congresso da Força Sindical-RS

Confira os principais momentos do Congresso Estadual da Central

Outros vídeos

Campanhas






Quem somos

Sobre a Força Diretoria Atuação no Estado Metas Filiados

Secretarias

Juventude Meio ambiente Formação Sindical Saúde do trabalhador

Materias oficias

Álbum de fotos Vídeos Jornais Logotipos da Força Jingles

Publicações

Notícias Agenda Tweets Interativas Artigos

Comunicação

Fale conosco Informativo Canal RSS Como chegar Mapa do site

Campanhas

Fórum Social Mundial Faixa de Fronteira 2015 Bioma Pampa Posto de Saúde 24h Trabalho Decente
Força Sindical do Rio Grande do Sul
Cristovão Colombo, 203 - Porto Alegre
Rio Grande do Sul, Brasil
CEP 90560-003 - Fone: (51) 3228.0098
contato@fsindical-rs.org.br